Justiça baiana premia os centros de conciliação mais ativos em 2016

Fontes: CNJ e TJBA – http://bit.ly/28Wsa7p

CNJTrês medidas foram discutidas no encontro de supervisores, mediadores e instrutores das unidades do Centros Judiciários de Solução de Conflitos e Cidadania (Cejuscs) de 49 comarcas baianas. A assessora especial da presidência para assuntos Institucionais (AEP II), juíza Marielza Brandão, anunciou a premiação das três unidades dos Centros Judiciários de Solução Consensual de Conflitos (Cejusc) mais ativos em 2016.

A divulgação foi feita durante reunião com todos os supervisores de Cejuscs para o alinhamento de ações a partir das determinações do novo Código de Processo Civil. Na pauta, estraram temas como o prazo para o envio dos acordos firmados entre as partes, definição dos termos dos convênios a fim de alterar o nome Balcão de Justiça e Cidadania para Cejusc, entre outros temas. Na Bahia, há 91 unidades do Cejusc: 34 em Salvador e 57 no interior.

Link curto: http://bit.ly/295Mwzc