SEGUROS SEG NOTÍCIAS – Mediação: caminho para melhorar relações entre usuário e plano

Fonte: Monitor Digital – http://goo.gl/ZY5eDO

De um total de 15.225 vidas assistidas ao longo de um ano iniciado em outubro de 2014 foram realizadas 85 reclamações, das quais apenas 2% viraram processos normativos, uma vez que não tinham procedência. Esse é o resultado obtido pela Associação de Assistência Plena em Saúde (Pame) ao colocar a mediação como a melhor forma de solucionar os problemas que correm entre usuários e planos de saúde.

De acordo com a superintendente-executiva da Pame e representante legal junto a Agência Nacional de Saúde (ANS), Roberta Dias Ribeiro, a melhor solução para o cliente, que pode ser encontrada fora do sistema judiciário, tem como base o modelo de autogestão aplicado, responsável pela ampliação da operadora de saúde no mercado nacional. “Escutar o nosso beneficiário transforma até mesmo nossas rotinas operacionais”, explica.

Com o objetivo de a solução de problemas do beneficiário de plano de saúde, a ANS colocou em vigor medida concentrando as reclamações registradas nos canais de atendimento da agência referentes a questões não assistenciais passaram a ser tratadas por meio de mediação de conflitos que, desde 2010 vem apresentando alto índice de solução ao consumidor, Em 2013, após a implantação da Notificação de Investigação Preliminar (NIP) o percentual chegou a 85,5%, ou seja, para cada cinco reclamações quatro foram resolvidas. O NPI passou a ser chamado de Notificação de Intermediação Preliminar.

O sistema de mediação ficará ainda mais atuante com a a entrada em vigor, no começo de 2016, com a entrada em vigor da Lei 13.140, de 26 de junho de 2015, que trata da mediação de conflitos, possibilitando . a  União, estados, Distrito Federal e municípios a possibilidade de instaurar câmaras de prevenção e resolução administrativa de conflitos entre órgãos e entidades da administração pública e também para controvérsias entre particulares e o poder público. O termo de acordo firmado entre as partes será o título executivo extrajudicial.

Para Roberta, a mediação é o caminho mais rápido e menos oneroso para a solução de conflitos, na medida em que permite a ambas as partes não só o entendimento como o surgimento de melhores condições de atendimento a serviços. “Escutar o nosso beneficiário transforma até mesmo nossas rotinas operacionais. Buscamo trazê-lo como formador de opinião, havendo assim uma melhora contínua em nossas relações com os usuários, as instituições de saúde e a agência regulador, por meio de práticas de mediação”, acrescenta.

Criada em 1996 pelos empregados da Embratel e da Telos (sua fundação de seguridade social), para atender os que perderam vínculo empregatício, principalmente quem tinha 21 anos, a Pame, após ser reclassificada pela ANS como medicina de grupo, já conta com uma rede credenciada de abrangência nacional que inclui mais de sete mil profissionais e instituições de saúde. “Temos o compromisso de, alinhados com as políticas da contratante, prover atendimento de qualidade aos empregados das empresas e seus dependentes”, destaca a superintende da Pame.

Segundo Roberta, a Pame conta atualmente com uma carteira acima de 50 mil clientes que está segmentada em três modalidades: planos próprios, reciprocidade de rede e operacionalização de sistemas de autogestão. A operadora de saúde tem escritórios regionais além do Rio de Janeiro, em São Paulo, Brasília, Belo Horizonte, Curitiba, Salvador e Fortaleza.

A Pame conta com uma carteira de clientes que4 está segmentada conforme os tipos de contrato regulamentados pela ANS: individual/familiar, coletivo por adesão e coletivo empresarial, nas modalidades médico-hospitalar e odontológica. “Prestamos atendimento personalizado e diferenciado, com o objetivo de promover o bem-estar e a melhoria da qualidade de vida de todos os nossos beneficiários. Mantemos postos de atendimento em diversas regiões do país, garantindo aos nosso clientes atendimento personalizado”, ressalta a superintendente-executiva.

A linha de planos médicos oferecida pela Pame é classificada com nomes de pedras preciosas como Safira, Rubi e Diamante. No plano odontológico o produto recebe o nome de Pérola. A linha 200 corresponde ao plano coletivo por adesão, e linha 300 ao individual e a 500 ao empresarial. O grau que cada uma tem é de acordo com o perfil e a necessidade que cada cliente deseja contratar. Segundo Roberta, a operadora comercializa produtos diversificados que pode ser por rede, pela abrangência geográfica, por tipo de acomodação e outros.  Para a superintendente da Pame não adiante ter uma carteira muito ampla de clientes se a operadoras não apresentar, principalmente, um diferencial de atendimento.

.

Manter plano para funcionário equivale a 11,54% das despesas da folha

As empresas tiveram um aumento médio de 14,8% nos custos de planos de saúde para funcionários em 2015. O custo médio per capta do benefício saltou de R$ 196,17, em 2014, para R$ 225, 23 este ano. Com o avanço, os gastos com planos de saúde passaram a representar o equivalente a 11,54% dos gastos das empresas com a folha de pagamentos. Em 2012, o índice representava o equivalente a 10,38% da folha das organizações pesquisadas.

Os dados constam de estudo realizado pela Mercer Marsh Benefícios, divisão de consultoria e gestão de benefícios da Marsh, líder mundial em corretagem de seguros e gerenciamento de riscos. O estudo ouviu 513 companhias, de 31 segmento da economia. Cerca de 61% da amostra foi composta por empresas com mais de R$ 100 milhões de faturamento ao ano, sendo 69% multinacionais e 31% de empresas de capital nacional. O conjunto da amostra abriga 1,2 milhão de colaboradores e 2 milhões de segurados (incluindo dependentes).

De acordo com o levantamento, 51% das empresas já adotam o modelo de compartilhamento do financiamento dos planos de saúde com os colaboradores. Eles subsidiam, em média, 78% dos custos fixos dos planos.

A pesquisa mostra também que, embora os planos de saúde sejam fontes de forte pressão de custos, poucas empresas adotam programas de qualidade de vida com foco na prevenção e manutenção da saúde dos funcionários, com consequente redução da utilização dos planos. Segundo os dados da Mercer Marsh Benefícios, 32% adotam algum programa de qualidade de vida e só 20% mantêm programas realmente estruturados em torno do tema.

Deste universo de 20%, que adotam programas estruturados, 85% patrocinam programas de vacinação para seus funcionários, 63% mantém programas de atividades físicas para os colaboradores, 62% adotam programas de nutrição saudável, 53% adotam iniciativas para cuidar da saúde emocional dos colaboradores e 34% adotam alguma iniciativa de prevenção de DST (doenças sexualmente transmissíveis).

Ainda no universo de 20% das empresas que adotam programas estruturados de qualidade de vida, 66% estão trabalhando para diminuir ou eliminar riscos cuidando da ergonomia no ambiente de trabalho, 54% patrocinam check ups dos funcionários, 47% realizam mapeamentos de perfil de saúde dos colaboradores, 44% adotam mapeamentos para saúde bucal, 35% mantêm programas para ajudar os colaboradores a abandonar o consumo do cigarro e 26% mantêm programas de ortopedia.

.

Maioria das colisões de Belo Horizonte acontece na segunda-feira

Das 2,5 mil colisões entre veículos ocorridas em Belo Horizonte no primeiro semestre de 2015, 77,1% dos sinistros ocorreram em dias úteis. A segunda-feira apresenta a taxa mais elevada de batidas, sendo 16,2% dos casos, e a quinta-feira a menor incidência, com 14,7%. Os dados são resultados do estudo do Grupo Segurador Banco do Brasil e Mapfre sobre o comportamento do motorista de Belo Horizonte.

Com menor probabilidade de acidentes, os sábados concentraram 13,8% das estatísticas, enquanto os domingos, o menor percentual da semana, apresentam 8,9% dos casos.

Quando analisado o período, o horário vespertino apresentou 39,4% dos sinistros, seguido pela manhã, com 29,2% dos registros. Com leve decréscimo, 26,8% dos acidentes ocorreram no período noturno. Já a madrugada é o horário menos perigoso com apenas 4,4% das batidas.

O relatório também confirma o perfil mais cauteloso das mulheres ao volante. As motoristas se envolveram em 28% dos casos, enquanto os homens estiveram presentes em 72% das colisões.

O levantamento aponta ainda que a maior incidência de batidas está entre os segurados de 27 a 36 anos, com 27,4% dos casos. Em segundo lugar está a faixa etária dos 47 aos 56, com 21,8% dos registros, seguida pelos motoristas com idade entre 37 e 46, que detém 19,6% dos números. Os motoristas entre 57 e 67 anos representam 15,7% das estatísticas, enquanto os mais jovens ao volante, de até 26 anos, com apenas 8,4%. Os motoristas com a menor incidência, de 6,8%, estão acima dos 67 anos. O levantamento foi elaborado com base nos atendimentos realizados pelo Posto de Atendimento Rápido Especializado (P.A.R.E.) do BB e Mapfre na capital mineira entre janeiro e junho de 2015.

.

DESENVOLVIMENTO PROFISSIONAL


Presidente da ANSP debate sobre o futuro do seguro no Congresso dos Corretores

O presidente da Academia Nacional de Seguros e Previdência (ANSP) e do Sindicato das Seguradoras, Previdência e Capitalização do Estado de São Paulo (SindsegSP), Mauro César Batista, participou do Congresso Nacional dos Corretores de Seguros, ocorrido entre os dias 8 e 10 de outubro, em Foz do Iguaçu (PR). Ele foi um dos expositores do painel “Para Onde Caminha o Mercado de Seguros: Uma Visão Local e Global”, mediado por Joaquim Mendanha de Ataídes, diretor-secretário da Fenacor e que contou ainda com os expositores David Colmenares, CEO de Seguros Gerais da Zurich; e Fabio Basilone, Swett & Crawford Brasil / Grupo Cooper Gay e Abecor.

.

Almoço em homenagem aos Dias do Corretor de Seguros e do Securitário – O Clube dos Corretores de Seguros do Rio de Janeiro organiza o tradicional almoço da entidade em homenagem aos Dias do Corretor de Seguros e do Securitário, comemorados em 12 e 19 de outubro, respectivamente, no próximo dia 27. O encontro, que reunirá lideranças e profissionais do mercado de seguros, acontecerá às 12h30 no restaurante Aspargus (Rua Senador Dantas, 74, 17º andar, Centro – RJ)

O presidente do Clube, Jayme Torres, aponta a importância dos profissionais do mercado. “Os corretores são os maiores responsáveis pela distribuição dos produtos de seguros, e boa parte do sucesso da indústria se deve a eles. Da mesma forma, os securitários são o contingente de colaboradores que dá suporte a todas as atividades desenvolvidas pelos diversos segmentos do setor”, afirmou, acrescentando que “o clube não poderia deixar essas datas passarem em branco”.

.

16º Encontro das Empresas de Fretamento e Turismo – Começaram nesta terça-feira (20), os tradicionais eventos Brasilfret 2015 e Encontro das Empresas de Fretamento e Turismo, organizados pela Associação Nacional dos Transportadores de Turismo e Fretamento (Anttur) e pela Federação das Empresas de Transportes de Passageiros por Fretamento do Estado de São Paulo (Fresp), respectivamente.

Aproveitando a oportunidade única para reunir os agentes do mercado de fretamento, a Essor Seguros participa dos encontros, que acontecem até esta quinta (dia 22) no Hotel Tauá, em Atibaia, São Paulo. No estande da seguradora, executivos e parceiros têm a missão de demonstram a importância do seguro no transporte de passageiros.

Segundo o CEO da Essor, Fabio Pinho, “esse tipo de encontro contribui para as boas práticas do setor, enriquecendo a todos com debates técnicos e de qualidade”. Ele complementa: “Hoje, o fretamento possui grande relevância dentro da carteira de seguros para Transporte de Passageiros da seguradora. Estamos orgulhosos de participar do evento e mostraremos aos empresários do ramo por que a Essor é inovadora e diferenciada neste segmento”. A seguradora distribui ainda material informativo sobre os seguros de Casco Ônibus e RC Ônibus/APP.

Ao longo dos três dias dos eventos, os profissionais do segmento participarão de debates e palestras técnicas. Entre os temas em pauta, estão a importância da capacitação de colaboradores, tecnologia a serviço do fretamento, planejamento estratégico para áreas de Recursos Humanos, a nova regulamentação do fretamento interestadual e outras leis relacionadas ao mercado, turismo e marketing aplicados ao setor.

.

SEGURO CIDADÃO


Outubro Rosa – A MetLife realizou uma campanha de combate ao câncer de mama com corretoras e funcionárias de todo o país. A ação faz parte da campanha nacional do Outubro Rosa, que visa alertar e conscientizar mulheres sobre a importância da prevenção e do auto-exame. Corretoras de todo o Brasil foram convidadas para participar de eventos com a presença de especialistas no assunto para tirar dúvidas e falar sobre tratamentos. Já as colaboradoras da MetLife participaram da palestra “Mulheres de Atitude”, ministrada pela coordenadora do Centro de Mama do Hospital Samaritano, a médica Maria do Socorro Maciel.

Para Andrea Barradas, diretora de Recursos Humanos da MetLife, falar abertamente sobre o tema faz com que muitas pessoas despertem para a importância de um diagnóstico precoce. “Nós mulheres estamos sempre preocupadas com família, filhos, trabalho e, muitas vezes, deixamos de cuidar da nossa própria saúde. O Outubro Rosa da MetLife tem como objetivo fazer com que essas mães e profissionais voltem o olhar para si e percebam a necessidade da realização de exames regularmente”, diz a executiva.

Para auxiliar as mulheres em um momento tão delicado da vida, a MetLife desenvolveu um seguro especial para caso de diagnóstico de câncer de mama, ovário ou útero. O seguro Mulher Protegida permite o pagamento de uma indenização em vida para auxiliar durante o período de tratamento, além de outros serviços adicionais como assistência nutricional, segunda opinião médica nacional, concierge e apoio psicológico. Já o seguro Mulher Protegida Plus oferece adicionalmente aportes financeiros por internação hospitalar e amparo psicológico em caso de falecimento.

.

Zurich convida Romero Britto para presentear comunidade assistida por ONG em SP

No mês das crianças, o novo projeto de Responsabilidade Social da seguradora Zurich no Brasil, batizado de “A Vida com Novas Cores”, vai literalmente colorir a vida de 10 mil assistidos pela ONG Gerando Falcões, de Eduardo Lyra, que atua através das artes em comunidades carentes da região de Poá, extremo leste da Grande São Paulo. A seguradora convidou o internacionalmente consagrado Romero Britto para participar da iniciativa. Ele fez uma releitura exclusiva de uma obra sua para ser instalada em um painel de 5m x 10,65 m na Escola Professor José Antonio Bortolozzo, palco de diversas atividades culturais promovidas pela ONG.

A inauguração do painel acontece no próximo dia 25, a partir das 10h, e contará com as presenças do CEO de Seguros Gerais da Zurich, David Colmenares, executivos da seguradora, de Romero Britto, vindo especialmente de Miami, onde reside, e de membros da comunidade, a exemplo do diretor da ONG, Eduardo Lyra, além de autoridades da região. Até o momento está confirmada a participação do prefeito de Poá, Marcos Borges (PPS).

.

ENDOSSANDO


Brasilcap patrocina turnê nacional do espetáculo “S’imbora, o musical”

A Brasilcap, empresa líder do mercado de capitalização há 19 anos, é a patrocinadora oficial da turnê nacional do espetáculo teatral “S’imbora, o musical – a história de Wilson Simonal”, que, depois de passar por temporadas no Rio de Janeiro, São Paulo e Belo Horizonte, chega agora a Salvador e Brasília, além de voltar à capital paulista.

O espetáculo, que é um dos grandes sucessos do teatro em 2015, conta a trajetória do dono de uma das mais controversas histórias da música brasileira, que apesar de sua vida polêmica, tem uma obra atemporal. O ator Ícaro Silva vem colecionando elogios da crítica no papel-título. Com texto de Nelson Motta e Patrícia Andrade e direção de Pedro Brício, o musical aborda ainda a decadência de Simonal, condenado a um “exílio” involuntário, e toca nos temas polêmicos que cercaram a carreira do artista.

Autor de dois musicais biográficos de grande sucesso, “Elis, a musical” e “Tim Maia – Vale Tudo, o musical”, Nelson Motta acredita que a maior qualidade de um musical é ter grandes canções. “O Simonal, além de histórias e músicas sensacionais, tem uma carga dramática incrível”, comenta.

.

20ª edição da Árvore de Natal da Bradesco Seguros – A 20ª edição da Árvore de Natal da Bradesco Seguros, a maior árvore de Natal flutuante do mundo, segundo o Guinness Book of Records, começa a ganhar forma. Com 11 flutuadores e seis geradores já instalados nas margens da Lagoa Rodrigo de Freitas, no Rio de Janeiro, a montagem dos 24 km de estrutura tubular que formarão o “esqueleto” da árvore, que atingirá 85 m de altura – o equivalente a um edifício de 28 andares – está em andamento.

“A maior árvore de Natal flutuante do mundo é um dos símbolos que marcam o início das comemorações de fim de ano da família brasileira. É muito gratificante saber que o Grupo Bradesco Seguros, há vinte edições, faz parte desse momento tão especial na vida de todos, celebrando os valores mais essenciais dessa data”, afirma Alexandre Nogueira, diretor do Grupo Bradesco Seguros.

A montagem 20ª edição da Árvore de Natal da Bradesco Seguros teve início em 16 de setembro, com a chegada dos 11 flutuadores que formam a base de 810 m² que sustentam a Árvore.Eles foram transportados de Jardim Gramacho, em Duque de Caxias, até a Subsecretaria Adjunta de Operações Aéreas (Saoa), na Lagoa, local em que a Árvore tradicionalmente é montada. Os flutuadores são peças de metal naval que medem 12 m de comprimento, 2,44 m de altura e 3 m de largura e pesam entre 12 e 16 toneladas.

.

Quiz Capitalização – A SulAmérica realizou no dia 6 de outubro, em São Paulo, a sexta edição do Quiz Capitalização. O evento de treinamento e relacionamento entre corretores, imobiliárias e parceiros da companhia contou com a presença de aproximadamente 130 pessoas.

O diretor da Regional São Paulo Capital da SulAmérica, Luciano Lima, e o diretor de Afinidades da companhia, Gabriel de Charbonnières, junto com os responsáveis pelas filiais Capitalização e Assessorias, receberam os convidados e participaram da entrega dos prêmios aos vencedores da noite.

Os participantes do Quiz foram divididos em grupos e responderam a perguntas sobre o produto SulAmérica Garantia de Aluguel. As três equipes com melhor pontuação ganharam vale-presentes e a grande equipe vencedora, além dos vales, foi premiada com uma minigeladeira.

Neste ano, a SulAmérica já promoveu o Quiz Capitalização em Salvador, São José do Rio Preto (SP), Santo André (SP), Brasília e Rio de Janeiro.

Link curto: http://bit.ly/1XtHsFc
TAGS RELACIONADAS