Mutirão de conciliação do DPVAT tem 940 audiências agendadas

Fonte: CNJ – http://goo.gl/9ZivL2

Teve início no dia 28 de julho, no Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania de Fortaleza (CE), o mutirão de conciliação envolvendo processos de Seguro Obrigatório de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Vias Terrestres (DPVAT). Os trabalhos seguem até o próximo dia 31 de julho.

Os processos mais comuns analisados durante a força-tarefa são pedidos de diferença de indenização. Nesses casos, é apurado o grau de invalidez das partes causadas por acidentes de trânsito, explicou a coordenadora do Centro, juíza Natália Almino Gondim. “Dependendo do dano sofrido, os valores indenizatórios chegam até o montante de R$ 13.400”, disse a magistrada.

Ainda segundo ela, o índice de presenças tem sido alto e o mutirão tem tudo para ser um sucesso. “Nós estamos muito otimistas em relação aos resultados. Temos tudo para fazer muitos acordos”, ressaltou.

A dona de casa Maria Gabriele Silva Ribeiro foi uma das partes que compareceram ao mutirão. Depois de ter sofrido um acidente de moto e ter fraturado o tornozelo, ela veio para a audiência em busca de uma indenização satisfatória e gostou da iniciativa. “O atendimento foi muito bom e muito rápido”, elogiou.

Ao todo, 940 audiências estão agendadas. O número elevado de sessões justifica-se devido ao fato de que parte considerável do acervo processual das Varas Cíveis diz respeito a seguro DPVAT.

Quatro Varas Cíveis (1ª, 26ª, 36ª e 37ª) estão participando da iniciativa, que conta com a atuação de juízes e servidores das unidades. Três médicos foram disponibilizados pelo Centro Judiciário para realizar as perícias. A ação conta ainda com a parceria da Seguradora Líder, administradora do consórcio responsável pelo Seguro DPVAT.

Link curto: http://bit.ly/1SP0i5u