Os advogados e diretores da JUSPRO, Tae Young Cho e Ricardo Freitas Silveira, concederam entrevista ao jornal SPTV 1ª Edição, da TV Globo, para explicar as facilidades da mediação, que soluciona conflitos entre as partes, sem passar pela Justiça. Tae comentou que o crescimento das audiências na JUSPRO tem alcançado alto índice de resolução: 70% de sucesso. E Ricardo destacou a rapidez com que os casos são resolvidos: em até 15 dias e que os meios alternativos de solução de conflito é tendência mundial. Também participou da reportagem, o promotor de eventos, Isaías Gonçalves Silva, que utilizou JUSPRO e aprovou.

Os Diretores da JUSPRO, Tae Cho e Ricardo Freitas, concederam entrevista ao programa “Radioatividade”, da Rádio Jovem Pan, para explicar como funciona e como pode ser acessada, por aplicativo, a 1ª Câmara Privada de Mediação e Conciliação (JUSPRO), cadastrada pelo Tribunal de Justiça de São Paulo. Ricardo detalhou para os ouvintes e internautas o que é a mediação e Tae destacou a agilidade e baixos custos frente ao processo judicial.

Dentro do espírito do novo Código de Processo Civil, que torna obrigatória a mediação, antes da contestação, e da nova Lei de Mediação (13.140/2015), foi instalada em São Paulo, a JUSPRO – 1ª Câmara Privada de Mediação e Conciliação, cadastrada pelo Tribunal de Justiça de São Paulo, com sede na Zona Sul da capital paulista.

Com a entrada em vigor do novo Código de Processo Civil, a mediação e a conciliação ganham uma projeção e importância que nunca tiveram de fato. Somos uma sociedade que, culturalmente, está acostumada a socorrer-se do Judiciário, dando maior importância ao litígio em si. Retrato disso é que atualmente há mais de 100 milhões de processos em anda mento em todos os 90 tribunais do País, dos quais 25,5 milhões se concentram em São Paulo.