Esforço de conciliação busca pôr fim a 600 casos em João Pessoa

Centro de Solução de Conflitos promoveu cerca de 200 audiências no primeiro dia de trabalho. Foto: Divulgação/TJPB

Fonte: CNJ e TJPB – http://www.cnj.jus.br/qdtj

Cerca de 200 audiências foram realizadas no último dia 26, primeiro do esforço concentrado destinado ao julgamento de processos oriundos das varas cíveis da comarca de João Pessoa (PB). A ação seguiu até quinta-feira (27) e pautou cerca de 600 processos.

“O objetivo é diminuir o número de processos que estavam esperando serem julgados”, explicou o juiz Ricardo Freitas, coordenador do Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania (CEJUSC) das varas cíveis da capital.

Quarenta alunos do curso de direito do Instituto de Educação Superior da Paraíba (IESP) estão atuando como conciliadores no esforço concentrado. “É uma experiência singular participar de uma ação como esta”, informou Josete Vieira, estagiária e conciliadora.

A coordenadora acadêmica do IESP no Cejusc, Cristiane Rabelo, destacou a importância da participação dos alunos na ação, ao colocar em prática a teoria aprendida durante o curso, em especial disciplinas que tratam da solução de conflitos através da conciliação e mediação.

O esforço concentrado foi idealizado pelo Núcleo Permanente de Métodos Consensuais de Solução de Conflitos do Tribunal de Justiça, que tem como diretor o desembargador Leandro dos Santos.

Link curto: http://bit.ly/2phPk1d
TAGS RELACIONADAS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *